A rivalidade entre Corinthians e Palmeiras faz com que o clássico entre as duas equipes seja uma das partidas mais aguardadas em todas as temporada, podendo trazer sérias consequências para o time que sair derrotado. Não à toa, o Timão já demitiu 11 treinadores em sua história logo após a disputa de um Derby. O último foi Tiago Nunes nesta sexta-feira, logo após o revés de 2 a 0 em casa.

A primeira vez que o Palmeiras ajudou a derrubar um técnico do Corinthians foi em 1951. As duas equipes disputaram a fase final do Rio-São Paulo daquele ano e, após o Verdão sagrar-se campeão, Newton Serra foi demitido do comando do Alvinegro.

Palmeiras venceu o Corinthians pelo Brasileirão de 2016 com gols de Moisés e Mina (Foto: Sérgio Barzaghi/Gazeta Press)

Antes de Tiago Nunes, o episódio mais recente havia ocorrido em 2016, quando o Palmeiras derrotou o Corinthians por 2 a 0, em Itaquera, pelo Campeonato Brasileiro. Cristóvão Borges, que já estava pressionado, sucumbiu e foi demitido após o revés no clássico.

Além dos treinadores que o Palmeiras ajudou a derrubar, alguns jogadores importantes da história do Corinthians fizeram suas despedidas pelo clube após um Derby. Foi o caso de Rivellino, em 1974, e Edílson, em 2000.

O post Você sabia? Palmeiras já ajudou a derrubar 11 técnicos do Corinthians apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima