O chute dado pelo goleiro Gatito Fernández, do Botafogo, no equipamento do VAR após a derrota para o Internacional deverá render uma punição ao paraguaio. A Procuradoria do STJD já anunciou que vai denunciar o alvinegro pela atitude.

Segundo Ronaldo Botelho Piacente, procurador-geral do STJD, Gatito será denunciado no artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). Nele, o infrator pode ser punido de um a seis jogos por assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva.

“A Procuradoria está acompanhando o caso do Gatito. Está atenta a tudo que tem acontecido no futebol. Ele será denunciado pela Procuradoria. A princípio, no artigo 258, que é assumir qualquer conduta contra a disciplina e a ética desportiva. O artigo 258 prevê uma punição de uma a seis partidas. A Procuradoria ainda analisará se haverá outro artigo a ser capitulado no ato dele. A princípio, será julgado primeiro pela comissão disciplinar. E, dessa decisão, caberá recurso ao pleno” disse ao ge.

Os alvinegros tiveram dois gols anulados na partida deste sábado. No primeiro, ainda na etapa inicial, Rhuan estava em posição de impedimento. No segundo, na etapa final, o VAR entrou em ação por falta de Matheus Babi no início da jogada, o que gerou a revolta do Botafogo.

Ainda com Gatito Fernández no gol, o Botafogo se prepara para o confronto desta quarta-feira, quando recebe o Coritiba, no Nilton Santos.

O post STJD vai denunciar Gatito Fernández, do Botafogo, após chute no VAR apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima