Em declaração na Santos TV, Yeferson Soteldo disse que pode morrer feliz após ser capitão pela primeira vez no Peixe.

O camisa 10 vestiu a braçadeira de capitão na vitória por 2 a 1 sobre o Coritiba, no último domingo, no Couto Pereira, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

“Primeiro de tudo, é um sonho. É uma honra também. Cumpri o sonho de vestir a 10 do Santos, do Pelé. Agora sendo capitão, é algo que nunca vou esquecer. Já posso morrer feliz”, disse Soteldo.

A escolha do técnico Cuca tem a ver com a negociação avançada de Soteldo com o Al Hilal, da Arábia Saudita. O venezuelano pode ter feito a despedida no Paraná. Ele fez o segundo gol, em cavadinha na cobrança de pênalti.

O post Soteldo diz que “pode morrer feliz” após ser capitão do Santos apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima