O Vasco da Gama foi surpreendido pelo Atlético-GO na noite desta quinta-feira, em São Januário. Muito bem na organização defensiva, os goianos mostraram também uma transição muito veloz no contra-ataque e criaram as melhores chances de gol na virada por 2 a 1.

A proposta de jogo de Vagner Mancini é muito parecida com a de Ramon Menezes no Vasco.

“O adversário talvez nos marcou como nós estamos marcando todos os adversários, e quando eles tiveram a bola imprimiram muita velocidade, principalmente no primeiro tempo. No segundo tempo nós conseguimos fazer circular essa bola e conseguimos fazer o primeiro gol com o Cano. Mas tomamos dois gols e saímos com a derrota”, analisou Ramon em coletiva após o confronto.

“Hoje tivemos mais posse de bola que o adversário mas ele teve uma proposta dessa transição muito rápida. Nós demoramos um pouquinho pra entrar no jogo. E o adversário fez um grande jogo. Todo mundo quer vencer, quer ganhar todos os jogos, a gente sabe da dificuldade que é o campeonato”, completou.

Com a derrota, o Vasco caiu para a sexta colocação na tabela  e agora volta suas atenções para o Botafogo. O Cruzmaltino vai enfrentar o rival carioca no domingo, pela décima rodada do Brasileirão, e na quinta-feira, pela ida da quarta fase da Copa do Brasil.

O post Para Ramon, Vasco sofreu do próprio veneno contra o Atlético-GO apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima