O Palmeiras voltou a vencer Campeonato Brasileiro. Na manhã deste domingo, o Alviverde visitou o Red Bull Bragantino pela oitava rodada, em jogo que terminou em 2 a 1. Todos os gols foram marcados na segunda etapa. O Braga saiu na frente com Claudinho, mas o Alviverde empatou com Gabriel Veron e, nos acréscimos, Willian virou.

Com o triunfo, a equipe de Vanderlei Luxemburgo segue invicta na competição e chega a 13 pontos, encostando na parte de cima da tabela.

Do lado do Red Bull Bragantino, a estreia do técnico Maurício Barbieri não foi positiva, pois além da derrota, o time do interior paulista continua na zona de rebaixamento, com apenas seis pontos.

Na próxima rodada, o Palmeiras terá pela frente um clássico contra o Corinthians, que ocorre na quinta-feira na Neo Química Arena. Na quarta-feira, o Massa Bruta visita o São Paulo no Morumbi.

O jogo- Mesmo com um calor de cerca de 28ºC, a primeira etapa começou movimentada. Os donos da casa ficavam mais no campo ofensivo, mas a defesa alviverde conseguiu neutralizar as jogadas.

Passada a pressão inicial, a equipe de Vanderlei Luxemburgo conseguiu assumir o controle da bola. Ainda assim, as chances de gol eram poucas de ambos os lados.

Por volta dos 30 minutos, houve uma pausa para a hidratação dos atletas. Logo após a parada técnica, cada equipe teve uma chance de gol. Do lado do Palmeiras, Zé Rafael fez uma boa cobrança de falta e a bola passou raspando na trave de Cleiton. Para o Massa Bruta, a oportunidade foi de Artur, que finalizou da entrada da área e levou perigo para Weverton.

Com as chances desperdiçadas, o primeiro tempo terminou sem gols.

Segundo tempo

Na etapa final, Braga e Palmeiras conseguiram ser mais efetivos no ataque. Logo aos três minutos, os visitantes conseguiram balançar as redes com uma cabeçada de Matías Viña, mas o uruguaio estava impedido e o gol foi anulado.

Quem abriu o placar foi o time de Maurício Barbieri. Logo aos oito minutos, Ytalo deixou a bola com Claudinho na entrada da área, o camisa 10 levou para a perna esquerda, finalizou e contou com um desvio de Gustavo Gomez para marcar.

Com a desvantagem no placar, o Palmeiras partiu para o ataque. Aos 11 minutos, os jogadores do Alviverde pediram um toque de mão de Aderlan dentro da área. O VAR analisou o lance e não foi marcado o pênalti.

A partir dos 20 minutos, Luxa começou a mexer no time, e as alterações surtiram efeito. Aos 23 minutos, Gabirel Veron, que entrou no lugar de Wesley, aproveitou um bom cruzamento de Gabriel Menino para cabecear no fundo das redes.

A virada do Verdão foi ocorrer apenas nos acréscimos. Aos 48 minutos, Gabriel Veron arrancou no ataque e deu uma assistência para Willian, que, sozinho, empurrou para o fundo do gol e garantiu os três pontos dos visitantes.

FICHA TÉCNICA
RED BULL BRAGANTINO x PALMEIRAS

Data: 06 de setembro de 2020, domingo
Local: Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista-SP
Horário: 11 horas (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda
Assistentes: Carlos Henrique Lima Filho e Daniel Parro
Árbitro de vídeo: Rodrigo Nunes de Sá
Cartões amarelos:
Red Bull Bragantino:
Ricardo Ryller
Palmeiras: Gustavo Gomez e Vitor Hugo
Cartão Vermelho:
Red Bull Bragantino:
Morato
Palmeiras:
Gols:
Red Bul Bragantino: Claudinho, aos 8 minutos do 2ºT
Palmeiras: Garbiel Veron, aos 23 minutos do 2ºT e Willian, aos 48 minutos do 2ºT

RED BULL BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Edimar; Ricardo Ryller (Uillian Correia), Matheus Jesus e Claudinho (Morato); Artur (Hurtado), Ytalo (Alerrandro) e Leandrinho (Bruno Tubarão)
Técnico: Mauricio Barbieri

PALMEIRAS: Weverton; Mayke (Willian), Vitor Hugo, Gustavo Gomez e Matias Viña; Patrick de Paula (Danilo), Gabriel Menino, Lucas Lima (Raphael Veiga) e Zé Rafael (Bruno Henrique); Wesley (Gabriel Veron) e Luiz Adriano
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

O post Palmeiras marca no fim e arranca virada contra o Red Bull Bragantino apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima