Após ganhar a segunda-feira de folga, o elenco palmeirense se reapresenta na Academia de Futebol nesta terça. Antes de encarar o Bahia, o time comandado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo terá a primeira semana cheia para trabalhar desde a retomada do futebol.

Entre os dias 22 de julho e o último domingo, em um calendário movimentado, o Palmeiras disputou um total de 10 partidas. Willian, Patrick de Paula, Gabriel Menino, Bruno Henrique, Rony e Luiz Adriano foram os únicos que participaram de todos os jogos desde então.

Com quatro dias para treinar antes de encarar o Bahia, o Palmeiras tem a recuperação dos atletas como uma das prioridades. Na última segunda-feira, inclusive, alguns jogadores trocaram a folga pelo trabalho na Academia de Futebol, entre eles Felipe Melo, Matias Viña e Gabriel Veron.

O lateral esquerdo uruguaio e o atacante de apenas 17 anos de idade, já em processo de transição física, têm mais chance de ficar à disposição no confronto com o Bahia. Luxa esperava perder Felipe Melo nos primeiros quatro duelos pelo Brasileiro, mas o zagueiro ainda não iniciou a transição e pode seguir fora.

O lateral direito Marcos Rocha, por sua vez, é desfalque certo contra o Bahia, já que sofreu lesão muscular diante do Santos. Sem o titular, Luxa deve escalar Mayke desde o início da partida, mas também tem a alternativa de improvisar o volante Gabriel Menino.

Vanderlei Luxemburgo, que vinha lamentando o pouco tempo para treinar, terá na semana cheia a oportunidade de aperfeiçoar em campo os aspectos que julga necessário. O confronto entre Palmeiras e Bahia está marcado para as 19 horas (de Brasília) deste sábado, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro, no Estádio Pituaçu.

O post Palmeiras inicia trabalhos para enfrentar o Bahia em rara semana cheia apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima