A Justiça do Trabalho de Santos decidiu manter o contrato de Everson com o Peixe em audiência realizada nesta segunda-feira. O goleiro teve liminares negadas e agora perde novamente.

Everson tentou a rescisão unilateral baseado na redução salarial de 70% durante a paralisação do futebol em função do novo coronavírus, atraso em direito de imagem e não recolhimento do FGTS.

Nos últimos dias, o Alvinegro contestou a ação e a defesa de Everson respondeu. O último treinamento com o jogador em campo ocorreu em 18 de julho.

Santos e Everson conversarão nos próximos dias para definir um caminho a seguir. O Peixe prefere vender o goleiro, que não recebeu propostas consideráveis até o momento. O interesse do Atlético-MG não avançou.

Everson tem 30 anos, foi contratado junto ao Ceará em 2019 por R$ 3 milhões e seu vínculo com o Santos termina apenas em 31 de dezembro de 2022.

O post Justiça do Trabalho mantém contrato de Everson com o Santos apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima