O confronto com o Goiás, travado na noite de sábado, marcou o quarto empate consecutivo do Palmeiras. Nas últimas três partidas, o time comandado por Vanderlei Luxemburgo conseguiu sair na frente, mas acabou cedendo a igualdade aos adversários.

Contra o Corinthians, na final do Campeonato Paulista, Luiz Adriano colocou o Palmeiras em vantagem, mas Jô empatou de pênalti nos acréscimos. Diante do Fluminense, já pelo Brasileiro, o mesmo Luiz Adriano marcou e Evanilson igualou. E, frente ao Goiás, Gomez anotou e Rafael Vaz devolveu.

“Você atua de uma maneira para conseguir o resultado. Depois, muda e deixa de pressionar o erro do adversário. Chama o rival para o seu campo. Nós recuamos muito”, reconheceu o técnico Vanderlei Luxemburgo logo após ver mais um empate, contra o Goiás.

Às 19h30 (de Brasília) desta quarta-feira, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras volta a campo para enfrentar o Athletico-PR, na Arena da Baixada. Diante do adversário paranaense, caso consiga sair na frente, Luxa quer ver sua equipe com uma postura diferente.

“É uma coisa que temos que trabalhar: manter a intensidade com que começamos. Nós mudamos. Mudou a intensidade, chama o adversário para o seu campo. Não é a primeira vez que acontece e temos que fazer com que os jogadores entendam que não podemos mudar”, declarou.

 

O post Em jejum há quatro partidas seguidas, Palmeiras cedeu empate nas últimas três apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Rolar para cima