O gramado do Maracanã continua gerando muitas reclamações, especialmente do Flamengo. Na tarde deste sábado, mais uma vez, o Rubro-Negro teve dificuldades para desenvolver o melhor futebol em seu estádio. A equipe suou para superar o Fortaleza por 2 a 1, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro.

Após a partida, o meia Diego comemorou o resultado positivo, mas destacou a dificuldade de jogar no Maraca, em entrevista ao canal Premiere.

“Temos muito trabalho, temos que ter paciência, sabendo que futebol é resultado. Felizmente estamos evoluindo e ganhando”, disse o camisa 10.

“Enfrentamos hoje dois adversários, o Fortaleza e o gramado, que está terrível, como vocês podem ver”, completou Diego.

O estado do gramado também foi destacado pelo diretor de futebol do Flamengo, Marcos Braz.

“Acho que saímos do Maracanã com mais um título. Certeza absoluta: é o pior gramado do Brasil. Está um horror, não existe e não sei como que faz. Desesperador”, disse o dirigente na saída do estádio.

Administradores do Maracanã, Flamengo e Fluminense concordaram em interromper os jogo no estádio por 11 dias no mês de setembro para que a empresa responsável possa fazer uma reforma no gramado. Coincidentemente, as duas equipes se enfrentam no Maracanã na próxima quarta-feira.

O post Diego e Marcos Braz detonam gramado do Maracanã após vitória do Flamengo apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima