Cuca espera por um Jobson mais preocupado com a marcação no Santos. O técnico não discute a qualidade técnica do volante, mas quer ajudá-lo a melhorar defensivamente.

Independentemente da escalação como primeiro ou segundo volante, Cuca quer maior “pegada” do camisa 8 nas próximas rodadas do Campeonato Brasileiro.

Jobson entrou no segundo tempo contra Internacional, no Beira-Rio, e diante do Athletico, na Vila Belmiro. E vacilou em ambos os jogos.

O meio-campista não acompanhou Edenilson contra o Inter e não conseguiu evitar o cruzamento de Geuvânio para o gol de Abner diante do Furacão.

Cuca acredita que, com melhor marcação, Jobson pode dar um salto, ser titular e se destacar no futebol brasileiro. Ele foi contratado em 2019 após bom Campeonato Paulista pelo Red Bull Brasil e não se firmou no 11 inicial com Jorge Sampaoli e Jesualdo Ferreira.

O post Cuca aprova qualidade técnica, mas quer mais “pegada” de Jobson no Santos apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Cuca espera por um Jobson mais preocupado com a marcação no Santos. O técnico não discute a qualidade técnica do volante, mas quer ajudá-lo a melhorar defensivamente. Independentemente da escalação como primeiro ou segundo volante, Cuca quer maior “pegada” do camisa 8 nas próximas rodadas do Campeonato Brasileiro. Jobson entrou no segundo tempo contra Internacional,
O post Cuca aprova qualidade técnica, mas quer mais “pegada” de Jobson no Santos apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima