Nesta terça-feira, o programa Gazeta Esportiva, da TV Gazeta, contou com a participação ao vivo de Rogério Ceni, técnico do Fortaleza. Perguntado sobre a má fase e a seca de títulos do São Paulo, o ídolo do Tricolor atribuiu o momento turbulento prolongado a erros da gestão do clube.

“São oito anos sem título, o último foi a Sul-Americana de 2012, que nós vencemos, o segundo mais importante do continente. É um momento de baixa que reflete muitas vezes decisões fora do campo, erros de planejamento. Por todo o carinho que tenho pelo São Paulo, com 25 anos que passei pelo clube, quero vê-lo sempre em uma ótima situação. Venceu agora o Sport, está ocupando a primeira parte da tabela e vai melhorar cada vez mais”, afirmou Ceni.

“Oito anos é realmente muito pesado para uma camisa como a do São Paulo, mas uma hora as coisas se ajeitam, as crises passam, a política acalma e o time ganha tranquilidade para voltar a vencer”, completou.

Ao comentar sobre a possibilidade de retornar ao São Paulo como treinador, Ceni despistou, porém garantiu que sua conexão com o Tricolor jamais será encerrada.

“Um dia, é lógico que estarei de volta, de um jeito ou de outro. Seja aplaudindo do estádio, assistindo jogos no Morumbi, trabalhando ou não. O São Paulo fez tudo o que podia por mim e eu fiz o meu melhor pelo São Paulo. Essa relação de respeito e carinho vai perdurar para sempre”, finalizou.

Ceni iniciou sua carreira de treinador à frente do São Paulo, em 2017. Apesar do início promissor, o time teve uma queda de rendimento no meio da temporada e o ídolo foi demitido em meio a diversas polêmicas envolvendo a diretoria do Tricolor.

O post Ceni atribui má fase do São Paulo a “erros de planejamento” e despista sobre retorno apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima